7 pragas no algodão: conheça os inimigos da lavoura

O algodão é uma cultura de grande importância socioeconômica no Brasil que vem apresentando muitos problemas fitossanitários, o que leva a necessidade de controle, tanto de inseticidas químicos quanto de biológicos para o controle de pragas. Estudos mostram que o ataque de algumas pragas no algodão causa danos significativos na produtividade e qualidade da fibra.

Não consegue ler agora? Aproveita então para ouvir a versão em áudio deste post no player abaixo:

Durante o ciclo do algodoeiro há ocorrência de várias pragas que podem ser divididas em três grupos diferentes: pragas com ocorrência de ciclo inicial, intermediário e fase reprodutiva e final.

Apesar de estarem classificadas como pragas iniciais, a ocorrência de tripes, pulgão do algodoeiro e mosca branca pode ser durante todo o ciclo. Atenção especial a tripes no desenvolvimento inicial do algodoeiro, período de maior infestação e de danos mais sérios, pois seus ataques podem danificar folhas e o ponteiro das plantas, causando paralisação temporária do seu crescimento.

1. Ninfa (a) e danos ocasionados (b) por tripes

Ninfa e danos ocasionados por tripes

O ataque do pulgão , quando em alta infestação, também pode causar paralisação temporária do crescimento da planta, e controle é mais efetivo quando é utilizado produtos sistêmicos como organofosforados e neonecotinóides.

2. Pulgão-do-algodoeiro em fase inicial

Pulgão do algodoeiro em fase inicial

O controle de mosca branca também é mais efetivo com produtos sistêmicos, principalmente quando ainda são ninfas, pois apresentam proteção pela camada de cera e acabam sendo mais resistentes a produtos de contato. Alguns estudos têm mostrado que a utilização de produtos biológicos a base de Beauveria bassiana, principalmente associado com inseticidas químicos, estão tendo efetividade no controle da mosca branca.

Populações de mosca branca, assim como de pulgões, ao se alimentarem da seiva no final do ciclo, podem excretar substâncias açucaradas (honeydew), permitindo o aparecimento dos fungos Capnodium sp. nas fibras e ocasionando a fumagina.

3. Fumagina causada pelo pulgão (a) e mosca branca(b)

Fumagina causada pelo pulgão (a) e mosca branca(b)

As pragas da fase intermediária são compostas por algumas lagartas desfolhadoras, percevejos sugadores e ácaros. Nessa fase, duas pragas se destacam, que é o caso do ácaro rajado e da Spodoptera frugiperda.

4. Ácaro rajado

Ácaro rajado

5. Spodoptera friguperda

Spodoptera friguperda

O ácaro rajado tem aumentado sua ocorrência nas lavouras de algodão nos últimos anos, aparecendo no início da fase de floração em pequenas reboleiras. O controle dessa praga normalmente é realizado com acaricidas, que devem ser aplicados logo após o aparecimento das primeiras reboleiras, pois sua disseminação é muito rápida. A ocorrência de lagartas da fase intermediária pode ocorrer, mas o controle delas pode ser realizado com a utilização de cultivares transgênicas Bt (Cty1Ac), Bt2 (Cy1Ac+Cry2Ab2), WideStrike (Cry1Ac+Cry1F) e Twinlink (Cry1Ab+Cry2Ae), entretanto, o controle efetivo de Spodoptera frugiperda tem ocorrido somente com variedades contendo tecnologia VIP3A (WideStrike 3, Bollgard 3 e Twinlink Plus).

Na fase reprodutiva e final, até então o principal problema era o bicudo do algodoeiro, entretanto, relatos na safra 2021/2022 mostram que lagartas do gênero Helicoverpa – lagarta das maçãs, estão ocasionando danos nas estruturas reprodutivas em cultivares de algodão com expressão da tecnologia VIP3A.

6. Bicudo em fase larval (a) e adulto (b)

Bicudo em fase larval (a) e adulto (b)

7. Lagarta das maçãs (Helicoverpa spp)

Lagarta das maçãs (Helicoverpa spp)

Últimos posts

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar   O fertilizante foliar é um aditivo agrícola que, na agricultura moderna, emerge como uma ferramenta essencial no arsenal de qualquer produção agrícola. Além de melhorar significativamente a saúde geral das...

Nutrição foliar: o que é e como fazer  

Nutrição foliar: o que é e como fazer  

A nutrição foliar é uma técnica na agricultura, que possibilita o fornecimento direto de nutrientes às plantas através das folhas. Esta prática é uma evolução de métodos aprimorada com a ciência agrícola atual. Representa uma abordagem complementar à nutrição...

Como facilitar a fixação do nitrogênio pelas plantas?

Como facilitar a fixação do nitrogênio pelas plantas?

Realizar a fixação biológica do nitrogênio (FBN) em seu cultivo é uma prática fundamental e que contribui diretamente para o crescimento e desenvolvimento saudável das plantas. Afinal, a presença do nitrogênio é fato vital para a síntese de proteínas e de outros...

Como a biorregulação otimiza o desempenho das plantas?

Como a biorregulação otimiza o desempenho das plantas?

Em um cenário agrícola cada vez mais desafiador, otimizar o desempenho das plantas é uma meta essencial para garantir produtividade, qualidade e sustentabilidade. Uma abordagem inovadora e eficiente que tem ganhado destaque entre os profissionais com conhecimentos...

Inoculação na agricultura: o que é e como fazer  

Inoculação na agricultura: o que é e como fazer  

A agricultura é um dos pilares fundamentais da economia global e demanda constantes inovações e práticas aprimoradas. Dentro deste contexto, a inoculação é uma estratégia de destaque na promoção do crescimento vegetal. Neste artigo, você entenderá: o que é a...

Compartilhar:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recommended
O algodoeiro é uma planta perene de ciclo indeterminado. Em…
Cresta Posts Box by CP