Perenidade do canavial: como melhorar a rentabilidade do canavial?

Aumentar a rentabilidade do canavial não é tarefa fácil para usinas e fornecedores, por isso, maximizar a produtividade e aumentar a perenidade do canavial são os caminhos a serem seguidos para quem busca maior lucro na operação agrícola.

Não consegue ler agora? Aproveita então para ouvir a versão em áudio deste post no player abaixo:

 

Atualmente o setor passa por uma estagnação na produtividade média da cana de açúcar. Analisando a série histórica dos canaviais do Brasil, fica evidente que pouco avançamos em aumentos substanciais em produtividade, ao passo que a complexidade em obter maiores margens aumenta, seja pelo maior custo em tratos culturais (tratos culturais, colheita, arrendamento etc.) ou até mesmo pelas baixas no preço do açúcar e etanol.

Vários são os fatores que limitam a produtividade do canavial: pragas, doenças, deficiências nutricionais, estresses, aumento de falhas etc. Esses mesmos fatores ao reduzirem a produtividade irão impactar negativamente na perenidade do canavial, reduzindo a vida útil do canavial.

E quais são as consequências na redução no número de cortes do canavial? A primeira consequência direta é um menor período para diluir os gastos com a implantação, aumentando os custos da lavoura. Mas não basta apenas prorrogar a reforma do canavial, é necessário que a produtividade ao longo dos cortes não tenha uma queda acentuada e se mantenha em patamares rentáveis.

É POSSÍVEL AUMENTAR A PERENIDADE DO CANAVIAL?

A cana-de-açúcar é uma planta perene, que perde produtividade ao longo do tempo devido a condução de manejo e condições ambientais durante os cortes. Cada colheita é como se fosse uma colheita de frutos, e que a perda de produtividade do canavial e consequente de valor econômico ao longo dos ciclos, se dá por meio da depreciação do canavial.

Ao se observar casos de sucesso entre fornecedores e usinas que mantém produções altas aliado a canaviais com maior longevidade, é possível observar que o grande fator de sucesso é o MANEJO ciclo após ciclo, com foco em tornar o canavial perene. Assim, diante dessas evidências, surge no mercado um novo conceito para o setor sucroenergético o CANA PERENE, onde, através de tecnologias trabalharemos os componentes de produtividade aos longos dos ciclos.

ESTRATÉGIAS PARA TORNAR O CANAVIAL PERENE

 O manejo de sucesso dos canaviais passa pela maximização dos componentes de produtividade, a fim de conseguir o maior TAH (Toneladas de açúcar por hectare). Tais componentes são: número de colmos por hectare, peso de colmos e qualidade da matéria-prima (ATR).

Os componentes precisam ser manejados ao longo do ciclo e para isso é necessário entender quais fatores interferem em cada um deles. O manejo de colmos/ha se inicia com um bom plantio, que por sua vez depende do preparo de solo adequado, boa qualidade das mudas, correção do solo, nutrição adequada no plantio e garantir que as gemas ali plantadas brotem, perfilhem e enraízem adequadamente. Já o peso de colmos é diretamente influenciado pela capacidade da cana-de-açúcar em realizar o processo de fotossíntese, que por sua vez está diretamente ligado ao nível de estresse da planta e sua condição nutricional. Juntos, colmos/ha e peso de colmos irão compor o TCH do canavial.

Por fim a qualidade da matéria-prima (ATR) dependa da condição de crescimento da cultura (quantidade de colmos maduros), sinalização ao processo de maturação (que pode ser ambiental ou química) e capacidade em translocar os fotoassimilados para o colmo.

Ao longo dessa séria sobre o CANA PERENE nosso compromisso é trazer para você produtor, como maximizar esses componentes para alcançar o canavial produtivo e perene. Até lá!

 Quer saber mais? Assista nossa série de lives sobre o Cana Perene!

E ouça nosso podcast com Caio Piza, Supervisor de Desenvolvimento Técnico na Raízen, e Evandro Ferronato, que atua como Desenvolvimento de Mercado de Cana-de-açúcar pela Stoller, sobre as boas práticas na produção e manejo da cana-de-açúcar que elevam a sua longevidade.

Últimos posts

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar   O fertilizante foliar é um aditivo agrícola que, na agricultura moderna, emerge como uma ferramenta essencial no arsenal de qualquer produção agrícola. Além de melhorar significativamente a saúde geral das...

Nutrição foliar: o que é e como fazer  

Nutrição foliar: o que é e como fazer  

A nutrição foliar é uma técnica na agricultura, que possibilita o fornecimento direto de nutrientes às plantas através das folhas. Esta prática é uma evolução de métodos aprimorada com a ciência agrícola atual. Representa uma abordagem complementar à nutrição...

Como facilitar a fixação do nitrogênio pelas plantas?

Como facilitar a fixação do nitrogênio pelas plantas?

Realizar a fixação biológica do nitrogênio (FBN) em seu cultivo é uma prática fundamental e que contribui diretamente para o crescimento e desenvolvimento saudável das plantas. Afinal, a presença do nitrogênio é fato vital para a síntese de proteínas e de outros...

Como a biorregulação otimiza o desempenho das plantas?

Como a biorregulação otimiza o desempenho das plantas?

Em um cenário agrícola cada vez mais desafiador, otimizar o desempenho das plantas é uma meta essencial para garantir produtividade, qualidade e sustentabilidade. Uma abordagem inovadora e eficiente que tem ganhado destaque entre os profissionais com conhecimentos...

Inoculação na agricultura: o que é e como fazer  

Inoculação na agricultura: o que é e como fazer  

A agricultura é um dos pilares fundamentais da economia global e demanda constantes inovações e práticas aprimoradas. Dentro deste contexto, a inoculação é uma estratégia de destaque na promoção do crescimento vegetal. Neste artigo, você entenderá: o que é a...

Compartilhar:

0 comentários

Recommended
A nutrição equilibrada das plantas, além do evidente papel na…
Cresta Posts Box by CP