Folha de milho amarela ou roxa: saiba o que fazer

Você sabia que folha de milho amarela ou roxa pode ser um sinal de deficiências nutricionais em sua lavoura? Por isso, é importante sempre ficar de olho nos sintomas para garantir que essa deficiência não afete a sua rentabilidade, produtor.

E é sobre isso que vamos falar no blog de hoje. Continue lendo e entenda mais sobre este assunto.

Não consegue ler agora? Aproveita então para ouvir a versão em áudio deste post no player abaixo:

Folha de milho amarela ou roxa: quais são as causas?

Bom, se você chegou até aqui é porque provavelmente deve estar querendo saber quais são as causas da folha de milho amarela ou roxa. Então saiba que não existe uma única resposta para essa pergunta.

Neste vídeo Fernando Xavier fala sobre este assunto. Assista:

Como nós dissemos anteriormente, a folha de milho amarela ou roxa pode ser um sintoma de deficiência nutricional nas plantas. É importante lembrar que a falta de cada nutriente específico vai trazer consequências diferentes para a plantação e ter essas informações em vista é fundamental para entender a melhor solução e definir prioridades de manejo.

Então, chegou a hora de compreender melhor cada um desses nutrientes. Vamos lá?

Nitrogênio

A deficiência de nitrogênio é uma das principais causas da folha de milho amarela. Nestes casos, há um amarelecimento das folhas mais velhas da ponta para a base em forma de “V”. Esse triângulo amarelo na parte superior das folhas é um dos sintomas mais claros da falta de nitrogênio.

Além disso, outros sinais incluem: colmos finos, espigas pequenas e secamento começando nas pontas das folhas e progredindo até a nervura.

deficiencia-milho-nitrogenio

Zinco

Outra causa da folha de milho amarela ou roxa é a falta de zinco. Os primeiros sintomas dessa deficiência incluem folhas brancas ou amareladas entre a nervura e os bordos, podendo seguir-se de necrose e, em casos mais graves, é aí que os tons roxos aparecem.

Levando em conta que o zinco é um dos micronutrientes mais importantes para a cultura do milho, é importante ficar de olho nesses sintomas para garantir a produtividade sempre. Afinal, em casos de deficiência, também há atraso no espigamento e maturação das plantas.

deficiencia-milho-zinco

Potássio

Necrose na borda das folhas mais velhas, seguida por ressecamento e dilaceração do tecido e amarelamento das folhas são os principais sintomas da deficiência de potássio na cultura do milho.

Com essa deficiência, há a redução no crescimento do sistema radicular e na produção. Assim, a planta fica suscetível ao tombamento.

deficiencia-milho-potassio

Enxofre

Os sintomas da deficiência do enxofre na cultura do milho são bem parecidos com os de nitrogênio. Mas os casos de enxofre são bem mais raros.

Amarelecimento geral do tecido e nervuras da folha e um gradiente roxo que se inicia no meio do timbo e se desenvolve para a região da bainha são característicos dessa deficiência. É importante lembrar que para cada 10 partes de nitrogênio, o milho necessita de uma parte de enxofre.

deficiencia-milho-enxofre

Magnésio

Com a deficiência de magnésio, as folhas mais velhas amarelecem nas margens e entre as nervuras, dando um aspecto de estrias. Isso também pode acarretar posterior necrose das regiões cloróticas.

É válido ressaltar que, em alguns casos, podem surgir manchas amarronzadas ao invés de amareladas.

deficiencia-milho-magnesio

Molibdênio

Você já deve saber que o molibdênio é o nutriente responsável pelo processamento do nitrogênio nas plantas, certo? Então, lembre-se de que os sintomas dessas deficiências também podem ser parecidos.

No caso do molibdênio, as plantas menores apresentam uma cor verde-pálida, que pode se desenvolver até um amarelamento mais forte. Essa coloração começa nas bordas e vai até as nervuras principais.

deficiencia-milho-molibdenio

Cálcio

Folha de milho amarela também pode ser um sinal da deficiência de cálcio. Nas folhas superiores, aparecem sucessivamente: fino amarelamento dos bordos, secamento, necrose e dilaceração das margens.

Além disso, ocorrem ondulações no limbo foliar no sentido longitudinal. Geralmente, a deficiência de cálcio é causada por condições climáticas adversas que dificultam a absorção do nutriente, como climas frios e úmidos.

Cobre

Folha de milho amarela logo que começa a se desenrolar, principalmente as folhas mais novas. Depois, as pontas geralmente se encurvam e apresentam necrose. As margens são necrosadas e os colmos se dobram com facilidade.

Um outro sintoma muito comum da deficiência de cobre na cultura do milho são as espigas vazias.

deficiencia-milho-cobre

Ferro

A clorose férrica é uma das deficiências mais comuns e conhecidas de qualquer produtor. Os sintomas incluem um amarelamento que começa entre as nervuras, principalmente nas folhas mais novas e recém-formadas.

Em casos muito graves, esse amarelamento não demora a se espalhar para as folhas mais antigas também. Por isso, o ideal é estar sempre acompanhando esse tipo de deficiência para que isso não afete a produtividade do milho.

deficiencia_milho-ferro

Fósforo

Já que falamos bastante em folha de milho amarela, vamos entender uma das principais causas do roxeamento das folhas? A deficiência de fósforo ocasiona uma cor verde escura nas folhas mais velhas, seguindo-se de tons roxos nas pontas e nas margens. O colmo também pode ficar roxo.

Nestes casos, a necrose só ocorre em situações muito graves de deficiência. Mas é importante estar sempre atento, já que isso ocasiona um retardo do crescimento geral e um desenvolvimento precário da raiz.

deficiencia-milho-fosforo

Quer saber mais sobre as deficiências do milho e formas de identificá-las? Baixe o material ilustrado de forma gratuita!

Folha de milho amarela ou roxa? Conte com a Stoller!

Com mais de 50 anos de experiência no mercado, a Stoller nasceu com o objetivo de proporcionar aos produtores a possibilidade de aproveitar ao máximo o potencial genético de suas plantas.

Com isso, desenvolvemos ao longo destes anos uma série de soluções que aliam um rigoroso trabalho de pesquisa e as mais inovadoras tecnologias para o sucesso da sua lavoura. Com a ajuda de nossos produtos, suas plantas tornam-se mais resistentes ao estresse e mais fortes durante todo o seu ciclo de vida.

Quer saber como nós podemos te ajudar? A nossa equipe de especialistas no campo está pronta para te atender e auxiliar no que for preciso. Clique aqui e encontre o especialista Stoller mais próximo da região.

Últimos posts

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar

Fertilizante Foliar: O que é e Como Aplicar   O fertilizante foliar é um aditivo agrícola que, na agricultura moderna, emerge como uma ferramenta essencial no arsenal de qualquer produção agrícola. Além de melhorar significativamente a saúde geral das...

Nutrição foliar: o que é e como fazer  

Nutrição foliar: o que é e como fazer  

A nutrição foliar é uma técnica na agricultura, que possibilita o fornecimento direto de nutrientes às plantas através das folhas. Esta prática é uma evolução de métodos aprimorada com a ciência agrícola atual. Representa uma abordagem complementar à nutrição...

Como facilitar a fixação do nitrogênio pelas plantas?

Como facilitar a fixação do nitrogênio pelas plantas?

Realizar a fixação biológica do nitrogênio (FBN) em seu cultivo é uma prática fundamental e que contribui diretamente para o crescimento e desenvolvimento saudável das plantas. Afinal, a presença do nitrogênio é fato vital para a síntese de proteínas e de outros...

Como a biorregulação otimiza o desempenho das plantas?

Como a biorregulação otimiza o desempenho das plantas?

Em um cenário agrícola cada vez mais desafiador, otimizar o desempenho das plantas é uma meta essencial para garantir produtividade, qualidade e sustentabilidade. Uma abordagem inovadora e eficiente que tem ganhado destaque entre os profissionais com conhecimentos...

Inoculação na agricultura: o que é e como fazer  

Inoculação na agricultura: o que é e como fazer  

A agricultura é um dos pilares fundamentais da economia global e demanda constantes inovações e práticas aprimoradas. Dentro deste contexto, a inoculação é uma estratégia de destaque na promoção do crescimento vegetal. Neste artigo, você entenderá: o que é a...

Compartilhar:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recommended
Para obter uma lavoura de algodão equilibrada, produtiva, eficiente e…
Cresta Posts Box by CP